1. folhas negras de tanto traçar, em desequilibradas direções, questionando razões da verticalidade das fronteiras entre a noite e o dia
    pinceladas noturnas procurando a clareza de necessidades evadidas das afadigadas procuras que os acasos revelam

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *